Rádiotelevisão católica emite na RD Congo

Kinshasa- RD Congo (PANA) -- A Arquidiocese de Kinshasa deseja iniciar os programas da Rádiotelevisão Católica Elikya (RTCE) a 25 de Dezembro, dia da festa de Natal, anunciou a PANA o abade Camille Esika.
O prelado adiantou, no entanto, que a inauguração da RTCE depende da evolução dos trabalhos do centro onde está instalada a nova cadeia, que se juntará à Rádio Elykia da Arquidiocese de Kinshasa.
Os materiais da radiotelevisão foram recebidos no fim-de-semana passado pela Associação dos Quadros Dirigentes de Empresa Católicas (ADEC), na presença do administrador apostólico da Arquidiocese de Kinshasa, Monsenhor Daniel Nlandu, do bispo auxiliar Dominique Bulamataria e na presença de outras personalidades da igreja católica de Kinshasa.
Dum valor de cerca de 600 mil dólares americanos, estes materiais são compostos por mil e 700 toneladas de equipamentos de reportagem (audiovisual) de baixa frequência, de produção (câmaras, microfones) e de alta frequência (emissores) com possibilidade de conexão por satélite, informa a mesma fonte.
O projecto da Rádiotelevisão Católica Elikya foi iniciado pelo defunto cardeal Frédéric Etsou e o seu financiamento assegurado pelas contribuições dos fiéis católicos num montante de 600 mil dólares americanos.
"É inconcebível que Kinshasa, que regista hoje perto de sete milhões de habitantes cuja metade é católica, careça duma cadeia de televisão numa altura em que algumas igrejas, denominadas de alarme, dispõem", disse o padre Camille Esika.
Através deste meio de comunicação, a igreja católica, prosseguiu o prelado, deseja contribuir com as suas emissões para a educação das massas na vida cristã e para o desenvolvimento das comunidades de base na capital congolesa.

23 Novembro 2007 12:42:00




xhtml CSS