RCA acusa FIDH de cumplicidade em golpe de estado

Bangui- República Centro Africana (PANA) -- O governo da República Centro Africana acusou a Federação Internacional dos Direitos Humanos (FIDH) de "cumplicidade" na tentativa de golpe levada a cabo a 25 de Outubro de 2002 pelo antigo Chefe de Estado-Maior do Exército, General François Bozize.
Num comunicado divulgado no fim-de-semana em Bangui, o governo diz-se "surpreso" pela posição "maquiavélica" do FIDH em relação aos "crimes cometidos pelos rebeldes de Bozize", que ocupam localidades do norte e centro da RCA.
O FIDH apresentou uma queixa ao Tribunal Penal Internacional (TPI) contra o Presidente Ange-Felix Patasse por alegados crimes contra a humanidade cometidos na sequência do golpe de estado falhado.
O governo de Bangui exprimiu a vontade "de cooperar no momento exacto" com o TPI.

16 Fevereiro 2003 19:56:00




xhtml CSS