Quénia prioriza prevenção de doenças

Nairobi- Quénia (PANA) -- O ministro queniano da Saúde, Gideon Konchela, disse segunda-feira que o seu departamento lançou um plano de prevenção das doenças para reduzir o número de cidadãos que sofrem de infecções curáveis.
Falando num campo de tratamento grátis dos olhos, em Nairobi, o ministro disse que a medida permitia igualmente reforçar o combate contra a pobreza porque, acrecentou, a incapacidade de trabalho "é a causa primeira de pobreza e de sub- desenvolvimento".
Anunciou que um programa sobre a educação à saúde, a mudança de comportamentos e a simples higiene pessoal, seria implementado.
"Numerosas invalidezes neste país são devidas à ignorância de simples atitudes de prevenção sanitária e isso deve desaparecer", sublinhou Konchela.
O ministro indicou que a maioria dos três milhões de quenianos que sofrem de doenças de invalidez não receberam uma educação sanitária ou conselhos sobre a higiene pessoal.
Acrescentou que o governo queniano acolheria voluntáriamente todo o apoio que permita ajudar as camadas desfavorecidas da sociedade.

16 Setembro 2003 20:32:00


xhtml CSS