Quénia lança grande ofensiva militar no norte de seu território

Nairobi, Quénia (PANA) – O Exército queniano lançou uma grande ofensiva militar contra Al Shabaab  na província de Gedo, na Somália, com vista a salvar e encontrar corpos de soldados desconhecidos mortos sexta-feira última durante um ataque contra o quartel de El-Adde, no sul da Somália, indicou este fim de semana um general do Exército queniano.

O general Samson Mwathethe, chefe do Estado-Maior do Exército, declarou que a sua instituiçao está a lançar uma grande operação militar para enfraquecer a força militar do grupo terrorista Al Shabaab.

«A prioridade das Forças de Defesa do Quénia (KDF, sigla em inglês) foi enfraquecer o inimigo nas últimas horas do ataque. Já o enfraquecemos”, declarou Mwathethe a jornalistas depois de receber quatro sobreviventes desta barbárie de sexta-feira última, transportados de voo a partir do campo de batalha.

Al Shabaab atacou o quartel , sexta-feira última, semeando a diversão com três viaturas cheias de explosivos mas combatentes conseguiram criar a surpresa e aceder ao quartel graças a disparos intensos de metralhadoras, acrescentou

Durante o assalto, vários soldados quenianos teriam sido surpresos e Al Shabaab afirma ter sequestrado uma dezena deles.

No domingo último, soldados capturados  vivos foram ouvidos numa cadeia de rádio pró-Al Shabaab, a Radio Andalus, pedindo ao Governo queniano para deixar a Somália.

O general Mwathethe declarou que a delicada operação de busca e de salvamento do Exército realizou-se de forma prudente para evitar vítimas suplementares.

O balanço dos soldados mortos durante este ataque do Al Shabaab ainda não foi revelado.

-0- PANA AO/VAO/ASA/TBM/FK/DD 18jan2016

18 Janeiro 2016 09:52:10




xhtml CSS