Quénia acolhe torneio internacional de boxe feminino

Nairobi- Quénia (PANA) -- O Quénia vai albergar em Dezembro em Nairobi um torneio internacional de boxe feminino no qual participarão nove pugilistas provenientes de África e dos Estados Unidos, confirmou uma agência promotora local.
A directora de Publicidade da "Jab Jab Promotions", Emma Christine, declarou que cinco pugilistas americanas, uma ugandesa, uma zimbabweana, uma zambiana e uma queniana vão disputar os combates.
O principal combate do torneio previsto para 1 de Dezembro será disputado em 10 rounds para o título feminino da Federação Internacional de Boxe (FIB) entre a pugilista peso-médio da Conselho Mundial de Boxe (CMB), a americana Yvonne Reiss e a sua compatriota Leticia Robinson.
Yvonne Reiss venceu em Abril último no Quénia a ex-campeã dos pesos médios do CMB, a queniana Congestina Achieng.
Em Agosto passado a FIB retirou a Achieng o seu cinturão após a sua dupla desistência diante das americanas Tiffany Carter e Valery Mahsood.
Achieng disputou 14 combates, dos quais nove vitórias, duas derrotas e dois empates.
Ela defrontará a americana Shadina Pennybakar (nove vitórias, dois KOs, seis derrotas e um empate) num combate de peso-médio júnior em 10 rounds.
A directora de Publicidade da Jab Jam Pomotions declarou à imprensa que o torneio avaliado em 13 mil e 888 dólares americanos será retransmitido na Europa e nos Estados Unidos por uma cadeia privada.
As pugilistas vão receber prémios interessantes em dinheiro, de acordo com Jab Jab Promotions.

15 Setembro 2006 07:55:00


xhtml CSS