Quatro soldados da Missão da União Africana mortos na Somália

Mogadíscio, Somália (PANA) - Quatro soldados da Missão da União Africana na Somália (AMISOM) morreram na explosão duma mina terrestre em Afgooye, cerca de 30 quilómetros  oeste da capital, Mogadíscio, anunciou domingo a imprensa local, citando testemunhas.

A explosão visou um cortejo militar das forças africanas de manutenção da paz na cidade de Afgooye que rumavam para a localidade de Shalendu, precisaram as mesmas fontes.

Os insurgentes islamitas al-Shabab tomaram ainda a localidade de Gove Agdud, a cerca de 30 quilómetros da cidade de Baidoa, capital provisória do território do sudoeste da Somália, e isto depois da retirada das forças governamentais somalís da zona.

Citando domingo reponsáveis da administração do sudoeste da Somália, a rádio "Simba" confirmou a retirada das forças coligadas e o controlo da zona pelos combatentes al-Shabab.

Nenhuma explicação foi dada sobre as razões da retirada das forças coligadas da zona.

-0- PANA AD/IN/BEH/MAR/IZ 02abril2017

02 Abril 2017 18:05:31




xhtml CSS