Professor sul-africano em tribunal por pornografia infantil

Cidade do Cabo- África do Sul (PANA) -- Um professor da Cidade do Cabo acusado de ter violado rapazes compareceu terça-feira pela quinta vez num tribunal sul-africano depois de ser preso na posse de material pornográfico infantil.
Ele está a ser acusado de 3 crimes nos termos da Lei Cinematográfica e 8 de violação, alegadamente cometidos entre 1985 e a sua detenção em Setembro deste ano.
O homem, que não pode ser identificado desde que foi acusado de violação, compareceu terça-feira perante o magistrado, que decidiu mantê-lo na prisão até 3 de Fevereiro a pedido do juiz Haneem Edwards.
O advogado da defesa, Koos Louw, deu entrada em Outubro duma solicitação de pagamento de fiança, mas abandonou-a quando um padre católico rejeitou uma oferta para alojar o homem num mosteiro onde os seus movimentos seriam estrictamente vigiados.

03 Dezembro 2003 16:27:00


xhtml CSS