Produtos leiteiros contaminados com salmonela proibidos no Togo

Lomé, Togo (PANA) - Produtos leiteiros contaminados com a salmonela encontrados no mercado togolês estão proibidos de venda e de consumo, anunciou o ministro togolês da Saúde e Proteção Social, Moustapha Mijiyawa.

Num comunicado do seu pelouro transmitido quinta-feira à PANA em Lomé, o governante indicou que estes produtos leiteiros, condicionados sob a designação de Picot-350g, Picot-460g e Milumel-900g, importados da Europa e destinados às crianças de primeira e segunda idade, são impróprio ao consumo.

Também, pede-se aos operadores económicos, incluindo comerciantes e cadeias de distribuição farmacêutica, para "retirar estes produtos dos circuitos de comercialização e proceder à sua destruição simplesmente", de acordo com o comunicado.

Denunciou qualquer tentativa de comercialização destes produtos leiteiros e exorta os que já os tenham adquirido a depositarem-nos nos centros de saúde mais próximos para a sua destruição.

Segundo o governante, medidas estão tomadas para fazerem respeitar estas decisões.

Estes produtos leiteiros, lembra o Ministério da Saúde, comercializados nalguns países europeus, foram objeto dum alerta internacional que denuncia a sua contaminação com a  salmonela.

-0- PANA FAA/JSG/MAR/DD 08dez2017

08 Dezembro 2017 10:42:44


xhtml CSS