Produção cerealífera mundial baixa

Washington, Estados Unidos (PANA) – A produção cerealífera mundial baixou, tornando assim mais precária a situação alimentar mundial já enfraquecida pela alta dos preços dos produtos alimentares, segundo um novo estudo divulgado terça-feira pelo Instituto Worldwatch.

Apesar das colheitas recordes de arroz e de milho no mundo, a produção mundial de trigo baixou bastante até colocar a produção cerealífera mundial abaixo dos níveis de 2008, indicou o Instituto.

O milho, o trigo e o arroz alimentam cerca de dois terços da população mundial e servem de inputs essenciais para a alimentação dos animais e os produtos industriais.

A importância destas culturas é tal que a baixa da sua produção tem repercussões em toda a economia mundial, nomeadamente num contexto em que a alta vertiginosa dos preços dos produtos alimentares continua a pesar sobre as populações mais desfavorecidas do mundo.

No total, a produção de arroz e trigo triplicou desde os anos 60 e a produção do milho quadruplicou, apesar de a superfície mundial destas culturas ter aumentado 35 porcento.

"A produção aumentou no mundo inteiro, mas existe uma forte dependência da irrigação, dos adubos sintéticos e sos pesticídas", disse o pesquisador Richard Weil, que contribuiu para o estudo do Worldwatch.

No entanto, os dados preliminares de 2011 indicam que a produção cerealífera está a recuperar da recessão de 2010.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) avisou recentemente que a produção cerealífera em 2011-2012 será três porcento mais elevada do que em 2010-2011.

A procura crescente do etanol, que os Estados Unidos produzem quase exclusivamente a partir do milho, tem igualmente influenciado os preços dos cereais.

-0- PANA SEG/FJG/TBM/SOC/CJB/IZ 30nov2011

30 novembre 2011 12:40:18


xhtml CSS