Primeiro-ministro ivoiriense regressa a Abidjan

Abidjan- Côte d'Ivoire (PANA) -- O primeiro-ministro ivoiriense, Guillaume Soro, que saiu ileso de um atentado há dez dias contra o seu avião em Bouaké, no centro do país, regressou segunda-feira ao início da tarde a Abidjan onde conta prosseguir com determinação o processo de paz em curso, constatou a PANA no local.
"O mais importante é que mostremos a todos aqueles que queriam entravar este processo que estamos determinados e serenos.
Os ivoirienses têm direito a esta paz.
Estou feliz por regressar a Abidjan.
Não deixerei de agradecer a todos os ivoirienses, particularmente o Presidente da República (Laurent Gbagbo), ao governo e a todos aqueles que manifestaram o seu apoio, a sua compaixão em relação àquilo que nos aconteceu", declarou Soro sorridente à imprensa quando desembarcava de avião que o trazia de Ouagadougou, capital burkinabe.
Acolhido por vários membros do governo e por centenas de jovens que ostentavam camisolas com a sua efígie, o primeiro-ministro anunciou, no quadro da busca do processo de paz, um encontro segunda-feira à noite com o chefe do Estado ivoiriense a que se seguirá nos próximos dias um conselho de ministros extraordinário.
Um avião que transportava Guillaume Soro para Bouaké a 29 de Junho último foi alvejado no Aeroporto de Bouaké por desconhecidos e fez quatro mortos e vários feridos.
Os quatro mortos foram os seus guarda-costas ao passo que os feridos são membros da delegação que o acompanhava.
Soro viajava para Bouaké a fim de empossar magistrados no quadro dos preparativos do relançamento das consultas públicas em conformidade com as disposições do Acordo Político de Paz de Ouagadougou /Burkina Faso), assinado a 4 de Março do ano em curso pelo Presidente Gbabo e por Soro sob a mediação do Presidente burkinabe, Blaise Compaoré.

09 Julho 2007 20:32:00




xhtml CSS