Primeiro Guia de Cabo Verde vai ser reeditado

Praia- Cabo Verde (PANA) -- O primeiro guia de Cabo Verde, elaborado pelo cônsul inglês John Rendall e editado em 1851, deverá ser dado a estampa ainda este ano, numa edição trilingue, soube-se quarta-feira na Praia de fonte ligada ao projecto.
De acordo com a fonte, os preparativos para a reedição da primeiro guia de Cabo Verde estão já concluídos devendo a referida obra ser dada a estampa ainda este ano, com versões em português e francês, além do original em inglês.
Segundo o responsável pela organização não governamental (ONG) "Atelier Mar", Leão Lopes, que está envolvida no projecto, o trabalho está concluído, mas edição da obra está apenas dependente de parcerias nacionais para a sua concretização.
O "Guide to the Cape de Verde Islands"(Guia para Ilhas de cabo Verde), da autoria de John Rendall, será reproduzido do original, com as ilustrações da primeira edição, acompanhado de um prefácio e notas das versões em português e francês.
A publicação original possui pouco mais de 30 páginas, mas na edição agora preparada ultrapassará a centena.
John Rendall, cônsul inglês, teve a concessão de instalação da primeira companhia carvoeira no Porto Grande do Mindelo, e viveu mais de 30 anos em Cabo Verde, onde morreu e se encontra sepultado.
A publicação teve quatro edições em Londres, o que mostra a sua "grande utilidade numa altura em que se estavam a iniciar as grandes rotas" transatlânticas.
De salientar ainda que a reedição do guia é um trabalho realizado com o apoio da Universidade Rennes (França) e conta com a direcção científica de Jean-Michel Massa, professor nesta instituição.

04 Março 2003 09:57:00


xhtml CSS