Primeiras Damas de África promovem luta contra cancro na capital burkinabe

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – Várias esposas de chefes de Estado africanos vão participar, de 6 a 7 deste mês, em Ouagadougou, num seminário regional de alto nível sobre a promoção da sensibilização à luta contra o cancro e aos programas de acompanhamento.

Organizada pelo Burkina Faso, em colaboração com a Organização da Cooperação Islâmica (OCI) e o Banco Islâmico de Desenvolvimento (BID), a reunião decorrerá sob o lema « Um Compromisso Solidário para Lutar contra o Cancro ».

As mulheres dos chefes de Estado do Benin, dos Camarões, da Côte d’Ivoire, do Gabão, da Gâmbia, da Guiné-Conakry, da Guiné-Bissau, do Mali, de Moçambique, do Níger, da Nigéria, do Senegal, da Serra Leoa, do Tchad, do Togo e do Uganda são esperadas na capital burkinabe.

O seminário regional contará igualmente com a participação de peritos da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), da Organização Mundial da Saúde (OMS), da Arábia Saudita e da Turquia.

A reunião de Ouagadougou pretende ser um prolongamento do compromisso assumido pelas Primeiras Damas em abril de 2016, em Istambul, na Turquia, onde, à margem da XIII Cimeira da OCI, se realizou uma sessão especial sobre a liderança das Primeiras Damas no domínio do controlo do cancro nos Estados-membros.

Foi adotada uma Declaração de Istambul em que as Primeiras Damas se comprometem a encorajar e a participar ativamente na promoção dos programas de sensibilização ao cancro nos seus respetivos países.

Elas comprometeram-se ainda a priorizar a prevenção e o controlo do cancro nos programas de saúde, ao lado dos seus maridos a níveis nacional e internacional, numa abordagem multissetorial.

-0- PANA NDT/JSG/FK/IZ 1agosto2018

01 Agosto 2018 18:19:47


xhtml CSS