Primeira ocupação de crianças nas ruas do Burkina Faso é mendigar, alerta Governo

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) - A primeira ocupação de crianças na rua no Burkina Faso é mendicidade com quatro mil e 226 casos registados, anunciou quarta-feira o ministério burkinabe da Ação Social.

Dez porcento do número total, ou seja 897 crianças de zero a cinco anos de idade, são geralmente encorajados por mães a mendigar, de acordo com a mesma fonte.

O ministério da Mulher, Solidariedade Nacional e a Família, como departamento encarregue de proteger os direitos das crianças, está preocupado com a extensão do fenómeno das crianças e jovens nas ruas no Burkina Faso Faso, indignou-se, num comunicado, a titular desta pasta, Marie Hélène Laurence Ilboudo.

Perante esta situação preocupante, que põe em risco a saúde, educação e bem-estar das crianças, a ministra da Solidariedade Nacional e Família lembrou que, de acordo com as leis e textos em vigor, a presença de crianças na rua é repreensível.

"O ministério aproveita esta oportunidade para encorajar os pais a investirem cada vez mais na educação e no cuidado das crianças a fim de que as nossas famílias sejam bases sólidas da nossa sociedade", exortou.

Anunciou que, nos próximos dias, ações vigorosas serão tomadas para o respeito pelo cumprimento rigoroso dos regulamentos, em colaboração com outras partes interessadas.

Também, a opinião pública é convidada a desempenhar o seu papel determinante de cooperar com as autoridades públicas a fim de se acabar com  este flagelo que compromete o futuro das crianças, disse a responsável.

-0- PANA NDT/DIM/DD 23maio2018

23 Maio 2018 17:16:18


xhtml CSS