Presidente sudanês participa na cimeira da francofonia

Cartum- Sudão (PANA) -- O Presidente Omar Hassan Ahmed el-Bashir do Sudão vai liderar a delegação do seu país à cimeira da Francofonia de dois dias que começa quinta-feira em Ougadougou, Burkina Faso, anunciou terça-feira fonte oficial.
O encontro de Ouagadougou vai congregar cerca de 50 chefes de Estado e de governo dos países francófonos africanos, da Ásia e Europa, refere a agência sudanesa de notícias (SUNA).
Citando uma declaração do Ministério sudanês dos Negócios Estrangeiros, a SUNA indica que esta será a pimeira vez que o Sudão foi convidado a este importante encontro político.
O Sudão pretende aproveitar o fórum para expressar as suas opiniões sobre questões regionais e internacionais de interesse comum, acrescentou o ministro.
Em Ougadougou, o Presidente Bashir encontrar-se-á com vários outros chefes de Estado e de governos, incluindo o Presidente Jacques Chirac da França, com quem discutirá o processo de paz em curso no Sudão e as relações bilaterais sudano-francesas.
O Sudão, o maior país de África, enfrenta actualmente guerras civis no sul e na região oeste de Darfur.
A guerra do sul começou em 1983 entre rebeldes separatistas e o governo sudanês a que se seguiu a da região de Darfur iniciada em Fevereiro de 2003.
O Movimento/Exército de Libertação do Povo Sudanês (SPLA/M) luta por uma maior autonomia de Cartum e uma melhor partilha das riquezas do país com o sul predominantemente católico e animista.
Mais de dois milhões de pessoas morreram no sul do Sudão desde 1983, maioritariamente devido à fome e doenças causadas pela guerra.
O conflito da região de Darfur começou quando o governo tentou desmantelar os grupos de rebeldes que pegaram em armas para lutar por mais poderes e recursos para a sua região subdesenvolvida.

24 Novembro 2004 12:35:00




xhtml CSS