Presidente sudanês deixa África do Sul

Joanesburgo, África do Sul (PANA) - O Presidente sudanês, Omar Al-Bashir, deixou a África do Sul esta segunda-feira, apesar da decisão dum tribunal que proibiu a sua saída do país devido a um mandado de captura do Tribunal Penal Internacional (TPI) por crimes de guerra, crimes contra a humanidade e genocídio em Darfur (oeste do Sudão).

O avião do Presidente sudanês teria descolado a partir do aeroporto Waterkloof Airforce, situado na periferia de Pretória, soube a PANA de fontes seguras na capital política sul-africana.

O avião do Presidente sudanês teria deixado o aeroporto internacional Olivier Tambo com destino ao aeroporto Waterkloof domingo à noite para facilitar a sua saída do território sul-africano.

O advogado do Governo sul-africano, William Mokhari, declarou que ainda não verificou se o nome do Presidente sudanês figurava na lista de responsáveis que viajaram no avião em direção ao Sudão.

Contudo, um alto responsável do Governo sudanês, que guardou o anonimato, afirmou que o Presidente A-Bashir devia regressar ao seu país esta segunda-feira à noite.

A participação do Presidente do Sudão na 25ª Cimeira da União Africana (UA) suscitou várias polémicas, obrigando a África do Sul a assumir a defesa do seu convidado controverso.

Uma ONG sul-africana, o SLAC, solicitou uma decisão judicial para exigir ao Governo sul-africano a proceder à detenção e à transferência do Presidente Al-Bashir para o TPI.

Enquanto signatário do Estatuto de Roma, que institui o TPI, a África do Sul era obrigada a deter o Presidente sudanês.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, declarou segunda-feira que o mandado de captura contra o Presidente Al-Bashir devia ser executado por todos os países que ratificaram os estatutos do TPI.

"O mandado de captura do Tribunal Penal Internacional contra o Presidente Al-Bashir por crimes de guerra e crimes contra a humanidade é um caso que considero muito sério", acrescentou Ban Ki-moon.

-0- PANA CU/SEG/BAD/JSG/MAR/TON 15junho2015

15 Junho 2015 18:14:19




xhtml CSS