Presidente sudanês convida rebeldes de Darfur a juntar-se ao processo de paz

Cartum, Sudão (PANA) – O Presidente do Sudão, Omar el-Béchir, apelou quarta-feira aos rebeldes de Darfur a juntar-se ao processo de paz na região e a pôr um termo ao recurso às armas para fins políticos.

Ele lançou este apelo durante a inauguração da Autoridade Regional de Darfur, um elemento chave da implementação do processo de paz de Doha para Darfur.

"Em nome do povo de Darfur, pedimos-vos para se juntar ao processo de paz. O povo de Darfur quer paz", disse o Presidente el-Béchir num programa difundido em direto na rádio e na televisão nacionais.

"Pedimos a todo o mundo para se juntar às autoridades para restaurar a paz e vamos  apoiar-vos. O povo de Darfur está convosco e os doadores estarão convosco e que Allah apoie os vossos esforços", disse o Presidente.

A inauguração da Autoridade decorreu na presença do Presidente do Tchad, Idriss Deby Itno, do representante do Emirato do Qatar, Hassan Abdullahi Al Ghanim, do ministro da Justiça e de diferentes organizações regionais e internacionais.

O Presidente el-Béchir anunciou igualmente uma amnistia geral para todos os membros armados do Movimento para a Justiça e Igualdade (JEM), sublinhando que todos os rebeldes arrependidos devem abandonar as suas armas para integrar as forças regulares sudanesas.

Ele defendeu igualmente o desmantelamento dos campos para pessoas deslocadas internas, afirmando que estes foram utilizados por algumas organizações ocidentais para angariar fundos para elas.

-0- PANA MO/SEG/NFB/AAS/IBA/CJB/TON    08fev2012

09 Fevereiro 2012 11:59:05


xhtml CSS