Presidente sudanês confiante em iniciativa da UA sobre Darfur

Cartum- Sudão (PANA) -- O Presidente do Sudão, Omar Hassan el- Bashir, exprimiu a confiança total de Cartum na capacidade da União Africana (UA) de liderar as negociações entre o governo e os dois movimentos rebeldes em Darfur.
Falando depois de receber segunda-feira em Cartum o presidente da Comissão da UA, Alpha Omar Konaré, o líder sudanês disse que o governo estava confiante no sucesso da próxima ronda de negociações com os rebeldes, marcada para 23 de Agosto em Abuja (capital política da Nigéria).
Cartum está sob pressão internacional para alcançar uma solução política urgente para a crise humanitária em Darfur.
O Presidente sudanês informou a Alpha Konaré os desenvolvimentos em Darfur, sobretudo no que diz respeito à assistência humanitária e a segurança, bem como ao regresso voluntário dos deslocados.
Bashir reiterou a rejeição do Sudão de qualquer intervenção estrangeira, adiantando que o governo estava a cumprir o seu compromisso de proteger os seus cidadãos.
A União Africana anunciou quarta-feira que iria enviar a Darfur uma força de manutenção da paz composta por 1.
600 e 1.
800 tropas para acelerar a distribuição de ajuda humanitária e investigar as sucessivas violações do acordo de cessar-fogo assinado a 8 de Abril.
Entretanto, o governo sudanês descartou a necessidade duma força africana de manutenção da paz na conturbada região do oeste do Sudão.
O governo rejeitou igualmente propostas para aumentar o número de observadores da UA para supervisionar o cessar-fogo, alegando que a segurança na área era da responsabilidade do Exército sudanês.
O executivo sudanês considerou que uma equipa da UA de cerca de 100 observadores do cessar-fogo seria suficiente para garantir a estabilidade em Darfur.

10 Agosto 2004 09:47:00




xhtml CSS