Presidente guineense opõe-se à intervenção militar na Côte d'Ivoire

Paris, França (PANA) – A Guiné não participará em nenhuma ação militar da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) na Côte d’Ivoire para destituir o chefe de Estado cessante, Laurent Gbagbo, e instalar nas suas funções o Presidente reconhecido pela Comunidade internacional, Alassane Ouattara, declarou quarta-feira em Paris o chefe de Estado guineense, Alpha Condé.

« Não vejo por que razão a CEDEAO enviaria tropas para a Côte d’Ivoire. Eu defendo soluções pacíficas. Hoje, é a população que sofre. Não ouvi que um ministro foi morto desde o início desta crise », disse.

Falando no termo dum encontro com o Presidente francês, Nicolas Sarkozy, ele indicou que o seu país pretende mobilizar o resto de África para encontrar uma solução pacífica à crise pós-eleitoral na Côte d’Ivoire.

« África conseguiu resolver a crise pós-eleitoral no Quénia onde houve confrontos mortíferos sem nenhuma ajuda externa. Ela pode também resolver, com a mesma vontade, a crise ivoiriense. Penso que a solução na Côte d’Ivoire não é intervir militarmente », acrescentou o Presidente Condé.

O estadista guineense reconheceu, entretanto, ser evidente que, para que a democracia avance em África, "é preciso que os que perdem as eleições aceitem  deixar o poder para que não se massacre a população".

Sobre as consequências da crise ivoiriense no seu país, ele recordou que perto de um milhão de Guineenses vivem na Côte d’Ivoire.

"Hoje, temos milhares de refugiados ivoirienses nas nossas fronteiras, o que agrava a nossa situação já muito precária. Devemos ter a coragem de expor corajosamente o problema ivoiriense diante do Conselho de Paz e Segurança da UA. Devemos procurar encontrar uma solução africana a este problema africano", prosseguiu.

A crise ivoiriense e os ataques da coligação internacional na Líbia estiveram na agenda do encontro entre os Presidentes Condé e Sarkozy. O primeiro chegou terça-feira a Paris para uma visita oficial de 72 horas.

-0- PANA SEI/AAS/SOC/MAR/IZ 24março2011

24 Março 2011 10:24:20




xhtml CSS