Presidente e PM ivorienses prometem relançar processo eleitoral

Abidjan- Côte d'Ivoire (PANA) -- O Presidente ivoiriense, Laurent Gbagbo, e o seu primeiro-ministro Guillaume Soro comprometeram-se domingo em Abidjan, durante uma sessão de trabalho de duas horas, a relançar a máquina eleitoral bloqueada há várias semanas na Côte dívoire.
No termo deste encontro, Soro regozijou-se diante da imprensa com os compromissos assumidos que são, segundo ele, supceptíveis de permitir à Côte d'Ivoire relançar o processo eleitoral.
Com efeito, indicou, com estes novos compromissos, a Côte d'Ivoire poderá "o mais cedo possível" organizar as eleições e fazer da reunificação uma realidade neste país assolado há oito anos por uma crise sociopolítica.
O Presidente Gbagbo e o seu primeiro-ministro julgaram útil e necessário que a acalmia e a tranquilidade voltem ao país e decidiram falar aos seus apoiantes respectivos para que a serenidade reine em todos os campos.
Próximos do chefe de Estado ivoiriense reclamaram rencentemente pela demissão do primeiro-ministro, cuja nomeação para este posto é o resultado dum consenso político, sendo Soro proveniente das Forças Novas (FN), ex-movimento rebelde que continua a ocupar o norte do país.
As diferentes partes da crise ivoiriense estão em desacordo sobre questões relativas ao desarmamento rápido dos ex-rebeldes, à reunificação do país e à retomada do contencioso eleitoral antes das futuras eleições.
O presidente ivoiriense e o seu primeiro-ministro decidiram sobre todas estas questões, julgadas "urgentes", a elaboração rápida dum cronograma de resolução.

12 Abril 2010 12:58:00




xhtml CSS