Presidente do Parlamento líbio advoga maior atenção a pessoas com mobilidade reduzida

Tripoli, Líbia  (PANA) - O presidente do Congresso Nacional Geral ( CNG, parlamento), Mohamed Al-Megrayf, advogou quarta-feira à tarde em Khoumous proteção e maior atenção às pessoas com moblidade reduzida  no seio da sociedade ííbia.

Exprimindo-se na ocasião do festival organizado a favor destas pessoas deficientes que têm necessidades particulares, Mohamed Al-Megrayf afirmou que a Líbia, livre da ditadura (a 23 de agosto de 2011), deve ser um país em que reinwem todos os valores da misericórdia, da justiça, do amor para esta categoria de pessoas.

Intervindo no quadro deste festival organizado por ocasião do Dia Mundial das Pwessoas Portadores de deficiências, ele sublinhou, por outro lado, a necessidade, para o Governo,  de tomar todas as medidas a fim de favorecer um renascimento na Líbia.

"A Líbia parece ser hoje o país mais rico do mundo. Deus dotou-a derecursos naturais  e humanos importantes capazes de construir um país da melhor maneira possível", declarou.

Ele afirmou que a Líbia, que obteve sua independência em 1951, não tinha infraestruturas nem escolas.

Os homems de outrora, graças ao seu amor pelo país, conseguiram mantê-lo  e organizar a primeira experiência parlamentar, indicou.

Por esse motivo,  o presidente do exprimiu a sua indignação em relação ao atraso registado nesta matéria por causa dum poder absoluto de quatro décadas  durante as quais os Líbios perderam os seus direitos e os seus bens referindo-se  ao regime do coronel Muamar Kadafi, derrubado a 23 de agosto de 2011 por uma revolta popular.

-0- PANA AD/IN/AAS /DIM/DD  14dez2012

14 Dezembro 2012 13:29:30


xhtml CSS