Presidente do Burkina Faso apela para mobilização contra paludismo

Ouagadougou, Burkina Faso (PANA) – O Presidente burkinabe, Roch Marc Christian Kaboré, lançou quarta-feira, aos seus compatriotas um apelo para se mobilizarem contra o paludismo a fim de o erradicar do país até 2030.

"Se unirmos os nossos esforços, tanto na prevenção como no curativo, poderemos, até 2030, vencer o paludismo. Juntos, podemos vencer o paludismo", indicou Kaboré por ocasião da comemoração, a 25 de abril, do Dia Mundial de Luta contra o Paludismo sob o lema “Prontos para Vencermos o Paludismo”.

Segundo estatísticas, no Burkina Faso, as crianças menores dos cinco anos de idade são as principais vítimas do paludismo, alertou o Presidente burkinabe, sublinhando que, graças aos esforços do seu Governo, através da gratuidade dos tratamentos para menores dos cinco anos e da subvenção de medicamentos antipalúdicos, a doença regista uma diminuição de 50 porcento.

A paludismo constitui a primeira causa de consultas nos centros de saúde no Burkina Faso.

Segundo o Ministério burkinabe da Saúde, a patologia constitui 43,38 porcento dos motivos de consulta, 44,63 porcento dos motivos de hospitalização e 21,84 porcento das causas de falecimentos.

-0- PANA NDT/JSG/IBA/FK/DD 26abril2018

26 april 2018 11:39:35


xhtml CSS