Presidente da UA informado das negociações sobre Darfur

Ota- Nigéria (PANA) -- O medianeiro da União Africana (UA) nas negociações de paz em curso em Abuja, Salim Ahmed Salim, visitou sábado o chefe de Estado nigeriano e presidente em exercício da UA, Olusegun Obasanjo, para o informar dos progressos feitos nessas conversações descritas como "difíceis".
Salim Ahmed Salim manteve um encontro à porta fechada com Obasanjo na vasta quinta do Presidente nigeriano em Ota, perto de Lagos, a capital económica do país.
Representantes do governo sudanês e dos dois principais movimentos rebeldes de Darfur, província ocidental do Sudão, participam nas negociações de Abuja na busca de uma solução duradoura para a crise que já fez cerca de 200 mil mortos e mais de dois milhões de deslocados.
Terça-feira passada, uma delegação governamental sudanesa visitou igualmente Obasanjo a quem entregou uma mensagem especial do Presidente Omar El-Bachir.
O Presidente tchadiano, Idriss Deby, que acusou o Sudão de estar por detrás dos rebeldes que perpetuam ataques no seu solo encontrou-se também com o presidente da UA durante a última semana.
A UA anunciou quinta-feira passada que vai organizar uma mini-cimeira a 4 de Janeiro próximo na Líbia para discutir a crise entre o Tchad e o Sudão.
A cimeira contará com a participação dos chefes de Estado sudanês, líbio, nigeriano, tchadiano e centro-africano.

01 Janeiro 2006 13:16:00




xhtml CSS