Presidente da RDC chamado a contribuir para busca de autor de ameaças de morte

Kinshasa- RD Congo (PANA) -- O Presidente congolês, Joseph Kabila, foi chamado a contribuir para a identificação e a consequente sanção do autor de ameaças de morte proferidas a 17 de Julho corrente contra responsáveis da organização congolesa Jornalista em Perigo (JED), vocacionada para a defesa dos direitos dos jornalistas.
O apelo consta de uma carta dirigida recentemente ao Presidente Kabila pela organização da defesa da liberdade de imprensa, Repórteres Sem Fronteiras (RSF), de acordo com um comunicado da referida instituição a que a PANA teve acesso terça-feira.
Nesta nota, o responsável para África dos RSF, Leonard Vincent, indicou que a intervenção do Presidente congolês é solicitada porque, a seu ver, só ele é que pode diligenciar um inquérito sério sobre esta questão.
"Tudo que sabemos é que o autor dessas ameaças se gaba de ter laços com o Presidente Kabila e com o seu partido, e é preciso que se esclareça este assunto para que o partido presidencial não seja objecto de suspeitas", sublinhou Vincent.
"Caso seja uma peste do campo presidencial, estimamos que ela deve ser sancionada como qualquer cidadão comum, ou como um militante da oposição que queira desestabilizar o regime", lê-se no comunicado.

22 Julho 2008 18:09:00




xhtml CSS