Presidente da Comissão da União Africana esperada na Guiné Conakry

Conakry, Guiné (PANA)   - A presidente da Comissão União Africana (CUA), a Sul-africana, Nkosazana Dlamini-Zuma, é esperada, nesta sexta-feira, em Conakry para uma visita oficial à Guiné consagrada à epidemia da febre homorrágica de Ébola, soube a PANA de fonte bem informada.

Nkosazana Dlamini-Zuma, de acordo com a mesma fonte, lidera uma delegação integrada pelo presidente do Banco Africano do Desenvolvimento (BAD), o Rwandês Donald Kaberuka, e pelo secretário-executivo da Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA), o Bissau-guineense, Carlos Lopes.

Durante a sua estada neste país, onde impera o vírus de Ébola desde janeiro último, a presidente da CUA manterá encontros com o chefe de Estado guineense, Alpha Condé, sobre a mesma patologia que já matou mais de mil e 400 pessoas e fez perto de 900 mortos, indica a mesma fonte.

A delegação pan-africana será informada sobrte as necessidades urgentes da Guiné Conakry na perspetiva da luta contra o flagelo.

Conakry é a primeira etapa de uma digressão de informação que levará Dlamini-Zuma também à Libéria e à Serra Leoa, sendo os três países os mais afetados pela febre Ébola e onde a doença fez, segundo as últimas estimações divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de quatro mil e 500 mortos.

A sua visita acontece no rescaldo de uma efetuada por uma forte delegação das Nações Unidas e de uma outra feita por uma brigada médica cubana de 38 membros, como resposta ao apelo do Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, para assistir os três países sacudida pela mesma epidemia.

O embaixador de França na Guiné Conakry, Bertrand Cochery, lançou, quarta-feira, as obras de construção dum hospital militar em Macenta (sul do país), a cerca de 900 quilómetros de Conakry, onde foi registado o primeiro caso de Ébola, o que faz desde já desta localidade o epicentro desta febre hemorrágica viral.

A futura estrutura sanitária, a ser entregue antes de finais de novembro próximo, vai acolher  pacientes de Ébola e compreenderá um laboratório de busca sobre patologias virais, indica-se.

-0- PANA AC/IS/MAR/DD 23out2014

24 Outubro 2014 08:05:40




xhtml CSS