Presidente da CEDEAO visita Nigéria

Abuja, Nigéria (PANA) - O presidente em exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e chefe de Estado ganense, John Dramani Mahama, efetuou na segunda-feira última uma visita de um dia à Nigéria.

A viagem de Mahama pela Nigéria acontece na véspera das eleições presidencial e parlamentar federal a terem lugar sábado próximo neste país da África Ocidental.

O chefe de Estado ganense foi reçebido em audiência pelo seu homólogo nigeriano, Goodluck Jonathan, na sala presidencial do Aeroporto Nnamdi de Abuja, a capital federal, com quem salientou a necessidade de eleições pacíficas.

Também exortou a Comissão Nacional Eleitoral Independente da Nigéria (INEC) a garantir um tratamento equitativo a todos os partidos políticos durante o escrutínio.

Mahama qualificou as eleições da 28 de março corrente e as de 11 de abril próximo de "sinais fortes da maturidade do processo democrático no continente".

"É uma eleição crucial para a Nigéria e será um índice suplementar para mostrar ao mundo que a Nigéria é um país democrático e gerido de acordo com os princípios de boa governação e de Estado de Direito. E por isso, desejamos-lhe boa sorte ", declarou Mahama.

O Presidente da CEDEAO também se encontrou com a direção da INEC a fim de obter informações sobre o estado de preparação do escrutínio.

Declarou que a CEDEAO acredita que o adiamento da votação de 14 de fevereiro para 28 de março de 2015 deu tempo suficiente à INEC para concluir todos os trâmites e estar pronta para fazer com que os eleitores não sejam excluídos e que os resultados das eleições  sejam aceites.

"Esperamos que não haja violência pós-eleitoral e que todas as partes envolvidas nesta eleição aceitem honestamente os resultados eleitorais. Como vocês sabem, a Nigéria é um membro muito importante da CEDEAO dotado da maior economia, o país mais vasto da região da CEDEA. Portanto, a segurança e a paz de toda a região dependem da paz e da segurança prevalecentes neste país", alertou.

O presidente em exercício da CEDEAO disse ter vindo à Nigéria "em nome de todos os Presidentes dos países membros da CEDEAO" que desejam que os Nigerianos vão em massa expressar seus votos e que esses sejam determinantes na eleição daquele que vai ser o próximo Presidente do país.

-0- PANA MON/AR/ASA/IS/DIM/DD 24março2015

24 Março 2015 16:44:43




xhtml CSS