Presidente comoriano designado medianeiro da UA na crise malgaxe

Moroni, Comores (PANA) – O Presidente cessante das ilhas Comores, Ahmed Abdallah Sambi,  deixa Moroni esta quarta-feira para Madagáscar a pedido do presidente da Comissão da União Africana (UA) , Jean Ping, para servir de medianeiro na crise política que se vive neste país há dois anos, soube a PANA de fonte oficial em Moroni, capital comoriana.

Sambi vai manter encontros com as autoridades de transição malgaxes, bem como com os líderes dos partidos políticos e da sociedade civil, indica a mesma fonte.

«A missão do Presidente Sambi é lavar os atores políticos e civis malgaxes a acordarem-se  sobre uma data para as eleições», precisou o ministro comoriano dos Transportes e Turismo, Hassani Assoumani, que efetuou, na semana passada, uma missão preparatória em Madagáscar.

À margem da sua missão, o Presidente Sambi analisará com as autoridades malgaxes questões relativas à cooperação bilateral entre os dois países.

Ele vai também reiterar o pedido de extradição para as Comores de um jovem futebolista comoriano detido em Madagáscar,  segundo Assoumani.

-0- PANA MH/AAS/IBA/CJB/IZ 16fev2011

16 Fevereiro 2011 20:10:06




xhtml CSS