Presidente cabo-verdiano prudente sobre Estados Unidos de África

Paris- França (PANA) -- O Presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, defendeu em Paris uma abordagem "mais prudente" para a instauração dos Estados Unidos de África e dotar o continente duma obra sólida.
"Pensamos que é preciso ser prudente e organizar as coisas de maneira a ultrapassar o simples voluntarismo e encontrar um quadro realista para construir e garantir a unidade africana e um dia, talvez, os Estados Unidos de África", afirmou o Presidente cabo-verdiano em entrevista à PANA em Paris.
Pedro Pires, em rota para o Japão onde participa com os outros Presidentes africanos na Quarta Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento em África (TICAD IV) prevista para 28 a 30 de Maio no Japão, sublinhou que não se deve apressar-se e saltar as etapas para ter uma instituição perene.
O Presidente cabo-verdiano preconiza primeiro uma integração regional antes da instauração dos Estados Unidos de África, projecto defendido ardentemente no seio da União Africana por alguns países do continente, dos quais a Líbia e o Senegal.

28 Maio 2008 08:45:00


xhtml CSS