Presidente burkinabe na cimeira da União Africana

Ouagadougou- Burkina Faso (PANA) -- O chefe de Estado burkinabe, Blaise Compaoré, deixou Ouagadougou domingo para Sirtes, na Líbia, onde deverá participar ao lado dos seus homólogos africanos na quinta cimeira da União Africana (UA), indica um comunicado da Presidência deste país a que a PANA teve acesso.
As discussões durante esta cimeira abordarão a reforma do Conselho de Segurança das Nações Unidas anunciada pelo seu Secretário-Geral Kofi Annan.
O continente africano reclama por dois assentos permanentes no seio do Conelho que deverá passar de 15 para 24 membros.
Vários países incluindo a Nigéria, o Egipto, a África do Sul e o Senegal vão disputar os futuros assentos africanos do principal órgão de decisão da organização mundial.
A cimeira de Sirtes deverá igualmente analisar a implementação dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM).
Os líderes africanos vão fazer propostas aos responsáveis do grupo das oito nações mais industrializadas do mundo (G-8) que se reunirão a 6 de Julho próximo em Glenneagles, na Escócia.
Para além dos conflitos que afligem o continente africano, a quinta conferência ordinária dos chefes de Estado e de governo da UA abordará a situação das guerras em África nomeadamente em Darfur (Oeste Sudão), as crises na Côte d'Ivoire e na Região dos Grandes Lagos.

04 Julho 2005 09:30:00




xhtml CSS