Presidente bissau-guineense declara fim da exploração de África

Dakar, Senegal (PANA) – O Presidente da Guiné-Bissau, Malam Bacaï Sanha, declarou sexta-feira à noite em Dakar que a exploração de África acabou.

"Hoje estamos juntos para a nossa independência política, económica, social e cultura ", declarou Bacai Sanha na cerimónia de abertura da III edição do Festival Mundial das Artes Negras que decorre até 31 Dezembro de 2010.

Segundo ele, este festival "mostra que os Africanos,  no passado, lutaram juntos para libertar o seu povo da dominação  colonial. Hoje, estamos no século de África".

Além do estadista bissau-guineense, estiveram presentes na cerimónia de aberutra deste festival várias delegações e os Presidentes do Senegal, Abdoulaye Wade, da Mauritânia, Mohamed Ould Abdel Aziz, e da Guiné Equatorial, Theodoro Obiang Nguema.

-0- PANA SIL/AAS/MAR/DD 12Dez2010

12 Dezembro 2010 13:30:32


xhtml CSS