Presidente beninense anuncia cimeira sobre crise ivoiriense

Brazzaville, Congo (PANA) – O chefe de Estado beninense, Thomas Boni Yayi, um dos emissários da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) para a crise ivoiriense, anunciou em Brazzaville a organização duma cimeira em N'djamena, no Tchad, no início desta semana para encontrar uma solução ao impasse político na Côte d'Ivoire.

« Estou certo de que vamos reunir-nos em N'djamena amanhã (segunda-feira) ou depois de amanhã (terça-feira) e os chefes de Estado vão discutir. Eles não vão dececionar este continente africano que espera muito da paz », anunciou Boni Yayi domingo à imprensa na capital congolesa.

« Vivemos de esperança e temos a esperança que este dossiê da Côte d'Ivoire seja resolvido com paz», acrescentou o Presidente beninense diante dos jornalistas no aeroporto de Maya-Maya em Brazzaville.

Afirmou que veio informar um « irmão mais velho e sábio », o chefe de Estado Denis Sassou Nguesso, sobre a sua missão de mediação na Côte d'Ivoire, onde os dois candidatos à segunda volta das presidenciais de 28 de Novembro último, o Presidente cessante Laurent Gbagbo e o antigo primeiro-ministro Alassane Ouattara, foram declarados vencedores do escrutínio e cada um formou o seu Governo.

Apesar do reconhecimento quase unânime da vitória de Alassane Ouattara pela comunidade internacional, Laurent Gbagbo recusa-se a deixar o poder.

Finais de Dezembro de 2010 e a 3 de janeiro, o Presidente do Benin, os seus homólogos de Cabo Verde, Pedro Pires, e da Serra Leoa, Ernest Koroma, delegados pela CEDEAO, conduziram duas missões de mediação a Abidjan que fracassaram.

« No documento que entregámos ao Presidente Laurent Gbagbo figura a segurança ou a recomendação de o levar a ceder o poder com paz e serenidade senão a CEDEAO vai dotar-se dos meios adequados para entrega do poder », revelou o Presidente beninense.

« Devo dizer que todo o mundo deseja que este dossiê se resolve com paz e a CEDEAO considera hoje que chegou o momento para se reunir com os nossos caros irmãos ( mais velhos ) das outras sub-regiões para ver concretamente como examinar este dossiê », prosseguiu o Presidente beninense.

-0- PANA MB/TBM/MAR/TON 10Jan2011

10 Janeiro 2011 09:37:05




xhtml CSS