Presidente Zuma exorta Sul-Africanos a rezar por Mandela

Cidade de Cabo, África do Sul (PANA) - O Presidente Jacob Zuma exortou segunda-feita todos os Sul-Africanos a rezar por Nelson Mandela, hospitalizado em estado crítico num hospital de Pretória, a capital.

Zuma, que visitou domingo passado o Presidente democraticamente eleito do país, declarou durante um briefing com a imprensa organizado em Joanesburgo, que ele encontrou Mandela a dormir durante a sua visita.

"Devemos aceitar o facto de que ele está velho agora e que, por conseguinte, a sua saúde se torna frágil, e penso que o que devemos fazer enquanto país é rezar por ele", declarou o Presidente Zuma.

Ele recusou-se a insistir no estado de saúde de Mandela, justificando que "não sou médico".

Mandela foi internado no hospital há 18 dias por uma infeção pulmonar recorrente.

Vários membros da sua família visitaram-no segunda-feira à tarde, entre os quais a sua ex-esposa, Winnie Madikizela Mandela.

A sua atual esposa, Graça Machel, está permanentemente ao lado de Mandela, enquanto vários representantes da imprensa local e estrangeira o esperam  diante do hospital.

Milhões de Sul-Africanos lembraram segunda-feira o 18º aniversário do Mundial de Râguebi vencido pela África do Sul em 1995 e o gesto de Mandela, vestindo a camisola dos Springboks e entregando o troféu Webb Ellis ao capitão da equipa nacional, François Pienaar, um gesto  percebido como um símbolo forte de reconciliação.

A última aparição pública de Mandela remonta à final do Mundial de futebol de 2010 disputado na África do Sul. Ele jogou um papel importante para permitir a África do Sul organizar esta competição.

-0- PANA CU/VAO/ASA/TBM/SOC/MAR/IZ 25junho2013

25 Junho 2013 09:49:52




xhtml CSS