Preços sobem em Joanesburgo antes da final do Mundial

Joanesburgo- África do Sul (PANA) -- A cidade de Joanesburgo está enfeitada com cores dos Países Baixos e da Espanha que vão disputar, domingo no estádio Soccer City, a final do 19º Mundial de futebol da Federação Internacional de Futebol (FIFA) de 2010.
Os organizadores, determinados a encerrar a festa em apoteose, previram uma grande cerimónia sonora e luminosa.
Em todos os cantos da cidade, tudo vibra no ritmo da final que provocou uma alta vertiginosa dos preços dos quartos de hotel e de artigos como vuvuzelas, camisolas das equipas, entre outros.
Os quartos dos grandes hoteis, inicialmente fixados em 690 dólares, subiram agora para mil 380 dólares por noitada e o mesmo foi observado nos hoteis de pequeno standing, onde os preços passaram de 500 rands (cerca de 66 dólares americanos), desde o início da semana, para 800 rands (105 dólares americanos) no mínimo.
Relativamente às camisolas, a do Uruguaiano Diego Forlan é muito preferida por falta de camisola com cores do seu país.
Os preços das camisolas vão de 599 rands (cerca de 79 dólares americanos) para cima.
A mesma coisa se observa para as vuvuzelas, cujos preços variam, segundo a qualidade, entre 20 rands (dois dólares americanos) e 100 rands (13 dólares americanos).
Nos grandes comércios, nomeadamente em Nelson Mandela Square (largo Nelson Mandela), foi desdobrada uma grande artilharia, enquanto as lojas estão enfeitadas com cores laranja, dos Países Baixos, e vermelha da Espanha.
Também ainda está visível a cor branca da Alemanhã.
Apesar desta alta dos preços, os visitantes não hesitam em levar consigo vários artigos.
"Tenho de levar lembranças para o país e não tenho escolha se quiser satisfazer a família e amigos.
O preço não importa", diz Ahmed Kéita, proveniente da Côte d'Ivoire.

10 Julho 2010 15:53:00




xhtml CSS