Praga de lagartas destrói cultura de milho em São Tomé e Príncipe.

São Tomé, São Tomé e Príncipe (PANA) - São Tomé e Príncipe lançou uma campanha de combate à praga de lagartas que está dizimar a cultura de milho em toda área agrícola do arquipélago, apurou a PANA esta quinta-feira de fonte autorizada.

Segundo o diretor do Centro de Investigação Agronómica e Tecnologia de São Tomé, Severino Espírito Santo, a praga em causa não é nova mas já existe no arquipélago há muitos anos.

Trata-se de uma borbuleta norturna que põe os seus ovos nas folhas e de cuja eclosão saem as  lagartas que vão provocando danos à cultura do milho, explicou Severino Espírito Santo.

Ele precisou que as larvas dessas lagartas comem as folhas das planta de milho até à sua destruição, fenómeno que se regista "em todas as zonas agrárias de São Tomé".

No quadro da campanha de combate contra este fenómeno, os técnicos do Ministério da Agricultura estão no terreno, pulverizando toda área afetada através de medicamentos biológicos importados pelo Governo, disse.

-0- PANA RMG/IZ 28maio2015

28 Maio 2015 13:30:33


xhtml CSS