População escolar dos Camarões aumentou 3% em 2003

Yaoundé- Camarões (PANA) -- A taxa bruta da população escolar camaronesa aumentou três por cento em 2002-2003, segundo o Ministério da Educação Nacional.
De 3,7 milhões em 2001-2002, a população escolar (primária e secundária) passou a cerca de 4,5 milhões no ano escolar iniciado a oito de Setembro passado.
Esta melhoria manifesta-se igualmente ao nível das taxas brutas de escolarização no ensino secundário técnico, que aumentaram em 4,19% nas meninas e 6,01% nos rapazes, ou seja um índice de paridade de 0,696.
Além disso, os Camarões contam actualmente 49.
042 docentes dos dois sexos, repartidos entre o ensino público e privado com um défice da ordem dos 32.
000 docentes.
Quanto à distribuição das infra-estruturas escolares, o ensino público conta hoje 1.
267.
249 salas de aulas, contra 26.
995 salas para o privado.
O Ministério da Educação Nacional instaurou, há dois anos, uma difusão regular de um anuário estatístico, de um relátorio de análise de dados, bem como de uma base informática/carta escolar actualizada.
Estes instrumentos devem doravante permitir ao ministério acabar com a criação anárquica de estabelecimentos, tanto públicos como privados, e aumentar a oferta de educação e lutar contra as desigualidades de acesso à escola.
Vão igualmente impedir os obstáculos de todos caracteres que perturbam o bom funcionamento do sistema educativo camaronês através de uma melhor regulação dos fluxos escolares, uma racionalização das alocações e da gestão de recursos tanto humanos, materiais como financeiros.

25 Setembro 2003 21:35:00


xhtml CSS