Polícia somalí desmente presença de membro da Al Qaeda

Mogadíscio- Somália (PANA) -- A Polícia da Somália negou veementemente as alegações de países ocidentais segundo as quais um membro da Al Qaeda estava escondido em Mogadíscio.
O Comandante da Polícia Regional de Mogadíscio, Coronel Abdi Hassan Awale, considerou as acusações como "infundadas", dizendo que elas pretendiam manchar a reputação do governo de transição.
Desde 1991 que a Somália não tem um governo central, tendo sido formado em 2000 uma administração interina.
O Coronel Abdi Awale adiantou que a Polícia somalí estava pronta a ajudar na caça em Mogadíscio ou em qualquer outra parte do país de qualquer pessoa suspeita de terrorismo, caso seja solicitada pela comunidade internacional.
Os Estados Unidos e o Reino Unido alertaram a semana passada sobre eventuais ataques terroristas em alguns países da África Oriental, alegando que as acções estavam a ser preparadas em Mogadíscio por um importante membro da Al Qaeda.

19 Maio 2003 17:49:00




xhtml CSS