Polícia angolana captura suspeitos de assalto a banco em Luanda

Luanda, Angola (PANA) - A Polícia angolana anunciou terça-feira a detenção de cinco suspeitos do assalto de 13 março corrente contra uma agência do Banco de Negócios Internacional (BNI), no bairro Mártires de Kifangondo, em Luanda, onde teriam roubado seis milhões de kwanzas angolanos (um dólar americano equivale a cerca de 167 dólares americanos).

Os suspeitos foram identificados como Osvaldo André, com passagens pela Polícia por homicídios voluntários, roubo de viatura e ofensas corporais; Airosa Nangawakiza e Artur de Sousa “Savana”, ambos com cadastro por prática do crime de homicídio voluntário; bem como Domingos Real e José Waquiva de 25 e 29 anos, respetivamente.    

O superintendente Fernando Carvalho, do Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Luanda, disse à imprensa que na posse dos suspeitos foram apreendidas cinco pistolas das marcas “Star”, “TT” e “Macarov”, bem como cinco armas de fogo automáticas, sendo uma “Galili” com dois carregadores contendo 23 munições, quatro AKM e um colete à prova de bala.

Osvaldo André “Nelson Py”, 30 anos de idade, explicou que o assalto ao banco foi idealizado por um amigo, com o qual têm efetuado furtos na via pública.

“Ele ligou para nós a informar-nos duma missão importante que tínhamos de efetuar por volta das 08:00 horas, numa agência bancária no Mártires de Kifangondo que, segundo informações recolhidas, havia lá perto de 300 milhões de kwanzas”, disse.

Postos no local, explicou, um dos elementos do grupo entrou no interior do banco, fingindo  querer abrir uma conta bancária, enquanto controlava o movimento no interior do banco.    

De acordo com o oficial do SIC, os elementos em causa integram uma associação de malfeitores, composta por 25 elementos, sendo que os outros estão em fuga.

-0- PANA ANGOP/IZ 29março2017

29 Março 2017 11:13:51


xhtml CSS