Polémica sobre produtos avícolas lusos em destaque em Cabo Verde

Praia- Cabo Verde (PANA) -- A polémica a volta da importação de produtos avícolas de Portugal que poderiam estar contaminados com um produto cancerígeno e que já levou o governo cabo-verdiano a decretar o seu embargo no país, constitui o tema comum em todos os jornais publicados esta semana em Cabo Verde.
Segundo constatou a PANA na cidade da Praia, o semanário "Expresso ilha" escreve: "Por cá, os produtores preocupados, mas o Governo prepara (ainda) "trabalho.
Contudo, a grande manchete deste semanário, tido como próximo do Movimento para a Democracia (MPD), o maior partido da oposição em Cabo Verde, está relacionada com a mensagem dirigida à nação, através do Parlamento pelo presidente da República.
"Casimiro de Pina afirma - Pedro Pires "invadiu Assembleia Nacional" , refere o periódico em título a toda a largura da primeira página, precisando que esse jurista "defende a tese de que a mensagem do chefe de Estado aos deputados da Nação, no Parlamento, "é inconstitucional, por se tratar de um outro órgão de soberania", que ele não está legitimado a impor prerrogativas constitucionalmente inexistentes.
Por sua vez, a edição desta semana do jornal estatal HORIZONTE elegeu como assunto para o grande título da primeira página a visita que o director geral da UNESCO "efectou esta semana ao arquipélago.
"Cidade Velha Património Mundial - UNESCO vai apoiar Cabo Verde", escreve o semanário, destacando as promessas feitas neste sentido por Koïchiro Matsura, o Director da Instituição onusina que visitou Praia, às autoridades cabo-verdianas.
Um outro título é : "Alimentação - Governo embarga importação de carne de Portugal".
Segundo o HORIZONTE, o Governo prepara medidas de embargo, "não só em relação a Portugal, como também a um outro país não europeu".
Esta edição do HORIZONTE vem acompanhada de um Suplemento "Carnaval", que traz diversas reportagens sobre a festa do rei Momo em São Vicente, na Praia e nas outras ilhas.
Já o jornal "A Semana" escolheu como tema principal uma reportagem sobre "mininus di Santa Cruz" (Crianças de rua ).
No seu texto o semanário refere: "Nesse que é um dos municípios mais problemáticos de Cabo Verde e onde a pobreza é uma realidade, a criança está na margem da margem" e que "nesse município de Santiago, é cada vez maior o número de crianças de rua ou na rua".
Outro grande título da primeira página desta edição d' A Semana é "Pedro Alexandre reage à inspecção", uma resposta deste antigo presidente da Câmara Municipal de santa Cruz e dirigente do MPD, a artigos anteriores sobre a mesma questão publicados por este jornal.
"A Semana" insere outra notícia interessante nesta edição, na qual anuncia que "os cabo-verdianos vão poder dentro de cinco ou sete anos, ler e ouvir a mensagem da Bíblia em crioulo", um projecto da Igreja do Nazareno.

08 Março 2003 19:43:00




xhtml CSS