Piloto americano desaparecido em São Tomé e Príncipe

São Tomé, São Tomé e Príncipe (PANA) - O Governo americano, através da sua representação diplomática em São Tomé e Príncipe, lançou um pedido de ajuda à população local para encontrar o piloto americano e o seu aparelho desaparecidos domingo no espaço aéreo santomense, soube-se de fonte diplomática.

A Guarda Costeira santomense realizou operações de busca e salvamento e três dias depois do desaparecimento do avião Beechcraft 1900 com a matrícula ZS-PHL, o Governo americano, numa nota de imprensa emitida pela sua representação diplomática em São Tomé, pediu à população para lhe comunicar caso descubra os destroços do aparelho e o piloto americano, único ocupante da aeronave.

O pequeno avião de dois motores com hélices e 19 lugares proveniente da Namíbia desapareceu domingo à tarde no espaço aéreo santomense a 9 milhas do aeroporto internacional de São Tomé, onde deveria efetuar uma escala técnica a caminho do Ghana.

No último domingo, face à tempestade que se registou no arquipélago situado no Golfo da Guiné, a torre de controlo perdeu o contato com o tripulante, cuja identidade ainda não foi revelada.

Um inquérito a pedido das autoridades da aviação civil internacional foi aberto para apurar as causas do acidente.

-0- PANA RMG/TON 12Abril2013

12 Abril 2013 16:29:24




xhtml CSS