Pessoal de saúde da CEDEAO enviado a países afetados por vírus de Ébola

Accra, Gana (PANA) – Trabalhadores de saúde de seis Estados-membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) estão a efetuar um curso de formação a partir desta segunda-feira na capital ganense, Accra, antes do seu envio para três países mais afetados pela epidemia do Ébola na sub-região, anunciou um comunicado da Comissão da organização regional enviado à PANA.

No termo de cinco dias de formação, os trabalhadores de saúde do Benin, do Níger, da Côte d’Ivoire, do Gana, da Nigéria e do Mali vão colaborar com os seus colegas dos Ministérios da Saúde da Guiné Conakry, dna Libéria e da Serra Leoa no quadro duma coordenação dos esforços de resposta para vencer o flagelo do Ébola, que fez mais de cinco mil vítimas principalmente nos três países afetados.

Esta iniciativa conjunta de formação e desdobramento da União Africana (UA) e da CEDEAO, através da Organização Oeste-Africana da Saúde (OOAS), envolve 150 trabalhadores de saúde que serão desdobrados por três meses.

Ela inscreve-se no quadro do plano de resposta regional adotada pela última Assembleia dos Ministros da Saúde da CEDEAO e visa conceder apoio substancial em recursos humanos para reforçar o sistema de saúde dos países afetados nos seus esforços para controlar a epidemia.

O trabalho destes agentes de saúde consistirá em identificar os casos, encontrar os contactos, tratar os casos e manipular os corpos, reforçando igualmente as medidas de prevenção e revitalizando o sistema de saúde dos países afetados.

-0- PANA SEG/FJG/JSG/FK/TON 24nov2014

24 Novembro 2014 16:21:18




xhtml CSS