Perspectivas de repatriamento de Congoleses e Ruandeses

Kinshasa- RD Congo (PANA) -- Cinquente e três mil refugiados congoleses e 89 mil Ruandeses serão repatriados brevemente, anuncia um comunicado da Comissão Nacional dos Refugiados (CNR) publicado segunda-feira em Kigali, capital do Ruanda.
Uma reunião tripartida entre peritos da República Democrática do Congo (RDC), do Ruanda e do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) ocorre desde segunda-feira em Kigali com vista a concluir um acordo de repatriamento voluntário dos cidadãos dos dois países.
Segundo a nota, "estes trabalhos vão tirar o pretexto a alguns grupos armados armados em porta-vozes destes refugiados que guerreian contra os Congolêses.
O encontro demonstra ainda que o repatriamento dos refugiados nunca foi uma questão de vontade política unilateral de um país, lê-se no documento.

16 Fevereiro 2010 21:29:00


xhtml CSS