Peregrinos togoleses fora de vítimas de inundações na Árabia Saudita

Lomé- Togo (PANA) -- Nenhum peregrino togolês foi morto na Árabia Saudita na sequência das inundações que enlutaram a peregrinação islâmica este ano, declarou sexta-feira o presidente interino da União Muçulmana do Togo, El Hadj Inoussa Bouraïma.
Chuvas torrenciais que se abateram quarta-feira última sobre a Árabia Saudita causaram inundações que fizeram 77 mortos, todos Sauditas ou residentes do país, segundo a imprensa local.
Durante o seu sermão por ocasião da grande oração da festa de Aïd El Kébir, comemorativa do sacrifício de Abrão, Boureima precisou que nenhum dos mil 111 peregrinos togoleses figura entre as pessoas falecidas.
Os peregrinos togoleses deixaram Lomé a 16 de Novembro corrente.

27 Novembro 2009 18:56:00


xhtml CSS