Pena de morte aplicada na Somália

Mogadiscio, Somália (PANA) -  Um cidadão somalí condenado à morte, a 13 de março último, por responsabilidade pela explosão mortal de 26 de novembro de 2016 em Mogadíscio, foi executado quinta-feira na capital somalí, soube-se de fonte bem informada.

Segundo o canal televisivo "Universal", que cita fontes próximas do tribunal militar, Abdelkader Abdi Hassan reconheceu a sua responsabilidade pela explosão que fez 10 mortos, por conta do movimento rebelde e islamita al-Shabab.

De acordo com a fonte, foi ele que conduzia a viatura armadilhada que explodiu num mercado da cidade capital somalí.

Seis outras pessoas detidas no mesmo contexto foram absolvidas por falta de provas.

-0- PANA AD/IN/JSG/DD 19maio2017

19 Maio 2017 10:25:03




xhtml CSS