Partido no poder expulsa Vice-Presidente da Serra Leoa

Freetown, Serra Leoa (PANA) - O Congresso de Todo o Povo (APC) expulsou o Vice-Presidente da República, Samuel Sam Sumana, deste partido no poder na Serra Leoa alegando que ele fazia a promoção da violência no país e mentiu sobre a sua qualificação académica e a sua religião.

Durante uma breve reunião do Conselho Consultivo Nacional do APC, sexta-feira, os membros decidiram por unanimidade a expulsão do Vice-Presidente que não ocupa posição oficial no partido.

Sumana foi acusado, principalmente por pessoas próximas do Palácio, de desacreditar a Presidência afastando-se da sua decisão há alguns anos durante uma visita aos Estados Unidos.

Um jornal local, Global Times, que publicou a informação sexta-feira, afirmou que um conselheiro presidencial senior da Presidência, Alhaji Ibrahim Ben Kargbo, que estava encarregue do inquérito sobre a conduta do Vice-Presidente, apresentou um relatório que acusa o Presidente, igualmente líder do APC.

Contudo, os apoiantes do Vice-Presidente acharam que a expulsão de Sam Sumana não tem relação com a sua conduta, mas sim constitui uma tática para o impedir de se candidatar à presidência em 2016-2017 e abrir a via para o primo do Presidente, John Sisay, diretor-geral da Sierra Rutile, que já está a visitar o país para solicitar apoio à sua ambição presidencial.

Segundo algumas fontes, as relações entre o Presidente e o seu adjunto foram geladas desde a sua reeleição em 2012, uma evolução que desembocou na marginalização de Sumana.

O Vice-Presidente do país nunca ocupou função pública e foi humilhado publicamente por ministros, aparentemente com a aprovação do Presidente.

Há outros relatórios duma conspiração ainda mais sinistra para atacar o Vice-Presidente depois da sua expulsão do partido.

O artigo 54 (2) (b) da Constituição da Serra Leoa declara que "uma pessoa não deve ser qualificada para ser candidata ao cargo de Vice-Presidente se for membro dum partido político".

O Vice-Presidente ficou em isolamento voluntário na semana passada quando um membro da sua guarda pessoal morreu do vírus do Ébola.

-0-  PANA SBA/VAO/MTA/BEH/SOC/MAR/TON  07março2015

07 Março 2015 13:53:50


xhtml CSS