Partido no poder com maioria esmagadora no Senado dos Camarões

Yaoundé, Camarões (PANA) - A Coligação Democrática do Povo Camaronês (RDPC), partido no poder nos Camarões, venceu 63 assentos dos 70 do Senado durante as eleições de 25 de março último, segundo os resultados publicados quinta-feira pelo Conselho Constitucional.

Segundo os mesmos resultados, a RDPC obteve 81 porcento dos votos, ous seja 63 assentos, a Frente Democrática Social (SDF), o principal partido da oposição camaronesa, conseguiu apenas 8,7 porcento dos votos, ou seja sete assentos.

A União para a Democracia e Progresso (UNDP) obteve 5,92 porcento dos votos, a União Democrática dos Camarões (UDC) tem 1,61 porcento, a União das Populações dos Camarões (UPC) 1,41 porcento, a Frente para a Salvação Nacional para os Camarões (FSNC) 0,76 porcento, a UDP 0,16 porcento, a Aliança Nacional para a Democracia e Progresso (ANDP) 0,13 porcento de votos, sem nenhum assento no Senado.

Os recursos pós-eleitorais depositados pela SDF e pela UDC para a anulação dos resultados nas regiões do oeste e do sudoeste foram rejeitados pelo Conselho Constitucional.

Espera-se que o Presidente da República, Paul Biya, nomeie trinta outros senadores até 15 de abril corrente para completar a lista dos 70 eleitos.

No termo das eleições senatoriais de 2013, a SDF tinha 14 assentos e a RDPC, partido liderado por  Paul Biya, granjeou 56 assentos.

-0- PANA EB/IS/IBA/MAR/DD 06abril2018

06 Abril 2018 13:10:11


xhtml CSS