Papa Francisco convida fiéis a ser mais honestos e solidários

Cairo, Egito (PANA) - O Papa Francisco declarou sábado, no Cairo, que o único extremismo admitido para os crentes "é o da caridade e do amor" e que qualquer outra forma de terrorismo "não vem de Deus e não lhe agrada".

A verdadeira fé "é a que nos torna mais caridosos, mais misericordiosos, mais honestos, mais humanos e mais respeitosos do outro", afirmou o Papa Francisco que presidia a uma missa, sábado, no estádio do Exército da capital egípcia diante de 15 mil católicos egípcios.

Segundo o Sumo Pontífice, a verdadeira fé é a que anima os corações para os levar a amar todo o mundo gratuitamente, "sem distinção e sem preferência".

Ele insistiu ser tambem verdadeira a fé "que nos conduz a ver no outro não um inimigo a vencer, mas um irmão a amar, a servir e a ajudar, que nos conduz a divulgar, a defender e a viver a cultura do reencontro e do diálogo, que nos conduz a defender o direito dos outros com a mesma força que defendemos os nossos direitos e nos leva a estar do lado do órfão, do ferido e do doente para os ajudar todos".

-0- PANA AD/IN/BEH/MAR/IZ 30abril2017

30 Abril 2017 11:43:32


xhtml CSS