Painel da ONU sugere novo plano mundial de desenvolvimento

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – Um painel internacional da Organização das Nações Unidas (ONU) sugeriu que os países optassem por novas vias de desenvolvimento para evitar ao mundo uma crise cada vez mais profunda e assegurar a sua viabilidade.

O Secretário-Geral (SG) da ONU, Ban Ki-moon, criou este painel de 22 membros, co-presidido pelo chefe do Estado sul-africano Jacob Zuma e pela sua homóloga finlandesa Tarja Halonen, em agosto de 2010, para redigir um novo roteiro para um desenvolvimento sustentável e uma prosperidade baseada em fracas emissões de carbono.

Dezassete meses depois, esta estrutura apresenta um relatório contendo 56 recomendações com uma proposta "concreta e inovadora para um desenvolvimento sustentável", disse Zuma, segunda-feira, quando entregava o relatório a Ban Ki-moon no Centro de Convenção da ONU em Addis Abeba, na Etiópia.

"Os modelos económicos do passado estão ultrapassados e caíram em desuso", disse o dirigente sul-africano.

Nos seus comentários, Ban Ki-moon disse que: "a ciência e a economia nós ensinam que as vias que tomamos atualmente não são duradouras".

O painel pediu à ONU para criar novos órgãos a fim de enfrentar os desafios do desenvolvimento, incluindo um grupo especial para a elaboração dum plano para o período pós-2015, ano em que os Objetivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM) serão supostamente alcançados.

Tornar as mulheres autónomas e velar para que elas desempenhem um papel central na realização dum desenvolvimento sustentável fazem igualmente parte das recomendações deste relatório intitulado "Povo Ativo, Planeta Ativa: O Futuro vale a pena de se escolhido".

O relatório recomendou igualmente um mecanismo de proteção do ambiente reforçado para assegurar um desenvolvimento apropriado.

Segundo Zuma, este relatório fornece um roteiro estratégico para ajudar os Governos, o setor privado e outros parceiros a orientarem-se para um desenvolvimento sustentável.

O estadista sul-africano sugere uma utilização dos fundos públicos suscetíveis de reforçar as capacidades do setor privado para impulsionar um desenvolvimento global, desejando ao mesmo tempo que a comunidade internacional crie novos indicadores de desenvolvimento outros que o Produto Interno Bruto (PIB).

-0- PANA OR/SEG/FJG/TBM/IBA/CJB/DD    30jan2012

30 janvier 2012 20:34:41




xhtml CSS