PM de Cabo Verde participa no terceiro Fórum de Cooperação China-África

Praia, Cabo Verde (PANA) – O primeiro-ministro (PM) de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, figura entre os chefes de Estado e de Governo de vários países africanos que vão partcipar no terceiro Fórum de Cooperação China-África (FOCAC), que arranca na segunda-feira, em Pequim, apurou a PANA de fonte oficial.

Neste evento, que decorre entre 03 e 04 de setembro e que também simboliza a importância da presença e investimento direto da China no continente africano, o Presidente chinês, Xi Jinping, deverá propor novas ideias para fortalecer as relações com África e anunciar novas medidas para uma cooperação pragmática coms países africanos.

À margem do fórum deverão decorrer encontros bilaterais para o estreitamento de relações entre as duas partes.

A relação entre os dois blocos, China e África, apresenta já alguma solidez, com dados divulgados no dia 29 de Agosto a apontarem que a China foi durante o primeiro semestre de 2018 o maior parceiro comercial de África, pelo nono ano consecutivo.

Durante o FOCAC de 2015, em Joanesburgo, Pequim assinou dez acordos de cooperação com o continente, nas áreas económica e comercial e que foram todos implementados e alguns "produziram resultados muito bons".

Desde 2015, a média anual do investimento direto da China no continente fixou-se em 3.000 milhões dólares (2.500 milhões de euros), com destaque para novos sectores como indústria, finanças, turismo e aviação.

Dados oficiais divulgados na quarta-feira apontam que a cooperação com Pequim leve ao continente africano 30.000 quilómetros de autoestradas, uma capacidade anual portuária de 85 milhões de toneladas e uma capacidade de produção elétrica de 20.000 megawatts.

Entretanto,  primeiro-ministro cabo-verdiano, inicia, este domingo, 02, uma visita de trabalho à China, onde, para além de  participar no Fórum da Cooperação China-África, vai-se encontrar com o Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, reunir-se-á com o seu homólogo chinês, Han Zheng.

Ulisses Correia e Silva tem também agendado vários encontros com empresários chineses, no quadro do projeto Zona Económica Especial da Economia Marítima de São Vicente (ZEEMSV), bem como visitas a portos, infra-estruturas portuárias, centros de estudos e instituições referenciadas em Beijing.

A delegação cabo-verdiana, que integra o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades, Luís Filipe Tavares, o titular da pasta da Administração Interna, Paulo Rocha, e o ministro do Turismo e  Transportes e ministro da Economia Marítima, José da Silva Gonçalves, deslocar-se-á também a outras cidades que albergam  zonas económicas especiais.

-0- PANA CS/IZ 02set2018


02 سبتمبر 2018 14:08:21


xhtml CSS