PAM preocupado com desnutrição nas zonas afetadas pela Boko Haram

Túnis, Tunísia (PANA) – O Programa Alimentar Mundial (PAM) advertiu contra a propagação provável da desnutrição que corre o risco de afetar milhares de mulheres e crianças nas localidades fronteiriças da Nigéria com os Camarões, o Tchad e o Níger, afetadas por atos de violência cometidos pela seita islamita Boko Haram.

O PAM concedeu ajudas alimentares durante o primeiro trimestre deste ano a mais de 100 mil refugiados, regressados e deslocados, indicou o porta-voz das Nações Unidas, Stéphane Jarek.

Ele acrescentou que o PAM assistiu também mais de 300 mil crianças e mulheres lactantes que sofrem de desnutrição em diferentes partes dos Camarões, do Tchad e do Níger  afetadas pela violência devido à Boko Haram.

O porta-voz da ONU deplorou que, por falta de financiamentos, o PAM não conseguiu assistir todas as pessoas necessitadas.

O PAM está preocupado com a situação alimentar difícil das pessoas recém-chegadas aos países vizinhos do norte da Nigéria, onde a taxa de desnutrição entre crianças menores de cinco anos e mulheres lactantes era estimada em mais de 15 porcento.

-0-  PANA AD/IN/JSG/FK/TON  8maio2015

08 mai 2015 14:50:50




xhtml CSS