PAM envia ajuda humanitária para nordeste da Nigéria

Abuja, Nigéria (PANA) – A agência humanitária das Nações Unidas para a luta contra a fome começou a transportar ajuda alimentar em direção ao nordeste da Nigéria afetado por uma crise alimentar e onde várias pessoas deslocadas  estão retidas pela violência da seita  Boko Haram e  pela guerra levada a cabo pelo Exército nigeriano contra este grupo islamita.

Esta operação do Programa Alimentar Mundial (PAM) começou com um carregamento  de arroz oferecido pelo Governo nigeriano avaliado em cinco mil toneladas métricas.O Executivo nigeriano prometeu ainda duas mil toneladas métricas suplementares de milho.

« Esta contribuição testemunha de novo a qualidade das relações entre o PAM e o Governo nigeriano », declarou, num comunicado de imprensa, Ronal Siband, diretor interino do PAM na Nigéria, sublinhando que esta ajuda alimentar vai contribuir para manter quase 500 mil deslocados no nordeste do país abalado pelo conflito armado.

Os Estados Unidos vão cobrir as despesas associadas ao transporte dos produtos alimentares oferecidos para os campos de deslocados que estão nos Estados mais afetados, nomeadamente os Estados de Adamawa, Yobe e Borno, no quadro do seu apoio de 100  milhões de dólares americanos ao programa de resposta do PAM à crise nigeriana.

A crise nigeriana alargou-se além fronteiras, provocando assim vários milhões de deslocados na maior parte da bacia do Lago Tchad e que não sabem onde encontrar ajuda alimentar.

Desde o lançamento das operações de assistência durante o ano passado, o PAM  aumentou de forma rápida a sua contribuição alimentar em víveres, em espécies e em género para atingir anualmente  a linha de um milhão de pessoas.

Ultrapassado o desafio do financiamento, a organização fixou-se o objetivo de atingir  um milhão e 360 mil pessoas no período atual antes da colheta, que é a época mais delicada do ano para as populações.

-0- PANA VAO/BAD/BEH/FK/IZ 11agosto 2017

11 août 2017 23:14:21


xhtml CSS