Ouattara saúda criação de painel para resolver crise ivoiriense

Abidjan, Côte d'Ivoire (PANA) – O candidato declarado vencedor das presidenciais de 28 de novembro na Côte d'Ivoire pela Comissão Eleitoral Independente (CEI), Alassane Ouattara, indicou domingo "ter tomado nota da decisão do Conselho de Paz e Segurança (CPS)  da União Africana (UA) de criar um grupo de alto nível para a resolução da crise pós-eleitoral em condições que preservem a democracia e a paz na Côte d'Ivoire".

Num comunicado publicado domingo, Ouattara saudou e apelou ao estrito respeito pela decisão tomada sexta-feira pelo CSP, desejando contudo que "as conclusões do Grupo de Alto nível sejam divulgadas rapidamente e tenham em conta a vontade de mudança maciçamente exprimida pelo povo de Côte d'Ivoire".

Isto é para abreviar "os sofrimentos crescentes do povo ivoiriense ocasionadados pela tentativa de confisco do poder pelo Presidente cessante, Laurent Gbagbo ", de acordo com Ouatarra.

Ouattara congratulou-se igualmente com conclusões dos trabalhos do CSP da UA que reafirmam as suas decisões anteriores sobre a situação na Côte d'Ivoire, nomeadamente "o seu reconhecimento enquanto Presidente eleito da República da Côte d'Ivoire, no termo do escrutínio presidencial de 28 de novembro último, com base em resultados certificados pelo representante especial  Secretário-Geral da Organização da Orgas Nações Unidas ».

No termo da segunda volta das presidenciais de 28 de novembro último, dois resultados paralelos foram proclamados pela Comissão Eleitoral Independente (CEI) e pelo Conselho Constitucional.

O primeiro concede 54 porcento dos sufrágios a Alassane Ouattara, proclamando-o o vencedor do escrutínio, ao passo que o segundo atribui 51 porcento a Laurent Gbagbo, declarando-o o Presidente eleito da Côte d'Ivoire.

Os dirigentes da UA decidiram constituir um painel de cinco chefes de Estado encarregues de resolver a crise ivoiriense.

-0- PANA BAL/TBM/MAR/DD 30jan2011

30 Janeiro 2011 14:07:52




xhtml CSS